Artigo: Fim do Mundo?
 

Artigos no Empregando Brasil

Você também gostaria de escrever um Artigo para o Empregando Brasil? Entre em contato conosco. Esse é um espaço aberto para todos os profissionais que queiram agregar informações relacionadas ao mercado de trabalho

Fim do Mundo? por Eduardo Colamego

Muito foi dito sobre o fim do mundo em 2012, alguns ficaram apreensivos, outros fizeram comédia, alguns até estocaram alimentos e se abrigaram esperando o fim bater a porta, mas nada aconteceu. Nem meteoro, nem vulcão, nem alienígenas invadindo, muito menos um novo dilúvio ocorreu.

 

Analisando isso tudo, pensei; O fim muitas vezes parece nos espreitar. Vivemos por vezes dificuldades em nossas vidas, seja na parte pessoal, profissional, quando não nas duas, e parece até a chegada do fim do mundo. 

 

Somos atingidos por meteoros de dificuldades, um ataque de provações que parece mesmo ser extraterrestre e chegamos até nos encontrar em um dilúvio de lagrimas que parece sem fim.


Mas, é o fim do mundo?


Eu afirmo que NÃO, NÃO É O FIM!!!


É sim o momento de nos fortalecer, é chegada a hora de agir com vontade, com fibra, com fé. É o começo de um processo de reinvenção, de adquirir experiência, de olhar o futuro com olhos otimistas e saber que além do momento sombrio e difícil, existe o melhor ser, ao final da jornada seremos mais sábios, mais fortes.


Por isso, não desista JAMAIS, não pense que o fim do mundo bateu a sua porta, todos os dias o que parece ser o fim bate a porta de muitos e ao novo amanhecer eles estão ainda mais vivos e cheios de planos.


Não, NÃO é o fim do mundo é apenas um novo começo.



Abraço e excelente 2013 a todos!!!


Deus abençoe!



Carinhosamente;
Eduardo Colamego

 

 

Foto do Autor

Eduardo Colamego

Palestrante, formado em Gestão de Recursos Humanos, cursando MBA em Pedagogia e psicopedagogia empresarial, além de possuir diversos cursos na área de gestão de pessoas entre eles, Comportamento Organizacional, Ética e Relações Humanas no Trabalho, Desenvolvimento Pessoal e Profissional, Educação Corporativa, Empreendedorismo e Gestão do Conhecimento. Trabalhou com Treinamento e desenvolvimento de pessoas para grandes operações de call center, ministrando conteúdos de grandes clientes. Supervisionou e geriu equipes de atendimento, focado em qualidade, respeito e ética no tratamento com os clientes e colaboradores, utilizando o que chama de Gestão de Consciência: "Ninguém faz nada bem feito simplesmente porque foi uma ordem direta e ponto, se não está consciente do porque, e que resultado sua ação trará, dificilmente irá realizar um grande trabalho. É preciso mostrar o propósito, só transforma-se algo em realidade através da consciência".
Como consultor, dedica-se à pesquisa e ao estudo em cenários e tendências da gestão empresarial, em temas ligados ao desenvolvimento do capital intelectual, estratégias competitivas, mercado de trabalho, perfil profissional, criatividade, inovação e a melhoria da qualidade.