Artigo: Trabalho Temporário
 

Artigos no Empregando Brasil

Você também gostaria de escrever um Artigo para o Empregando Brasil? Entre em contato conosco. Esse é um espaço aberto para todos os profissionais que queiram agregar informações relacionadas ao mercado de trabalho

Trabalho Temporário por Sandra Nebelung

As ofertas de trabalho temporário costumam aumentar nesta época do ano. Você conhece esta forma de prestação de serviços? É importante saber como funciona para se candidatar com mais segurança às vagas oferecidas pelo mercado.


O trabalho temporário é uma forma de contratação de serviço formalizada entre uma empresa e uma pessoa física, para um período predeterminado, geralmente de três meses. É regulamentado pela Lei 6.019/74, que assegura os direitos deste profissional cada vez mais procurado, o trabalhador temporário. 


A contratação de mão de obra por um período mais curto é motivada, geralmente, pelo aumento da procura de determinado produto ou serviço em certas épocas do ano, como férias de verão e Natal. O comércio e o turismo são dois exemplos de setores que empregam muitos profissionais com contratos de curto prazo, em função do maior fluxo de turistas na alta temporada e das datas especiais que incentivam as compras ao final do ano. O trabalho temporário pode ser ainda uma alternativa para a substituição de pessoal em situações diferenciadas ou excepcionais, como em casos de doenças, férias ou licença maternidade.


Para as empresas, é uma alternativa mais acessível de contratação de um serviço que atende a uma demanda considerada ocasional. Mas há quem defenda que, para o profissional, o trabalho temporário apresenta desvantagens, principalmente por não oferecer estabilidade no emprego além do prazo estabelecido. É importante levar em conta que este conceito de “trabalho para a vida toda” tem se alterado nos últimos anos, em função das próprias condições econômicas e da evolução das relações de trabalho. Atualmente, grande parte das empresas não consegue absorver o custo de manter quadros funcionais numerosos, com muitos profissionais, enquanto o mercado apresenta diferentes padrões de consumo ao longo do ano. A alternativa do trabalho temporário vem ao encontro das necessidades dos empregadores e também oferece diferenciais importantes para quem procura se desenvolver profissionalmente.


A prestação de serviços por curto prazo pode oferecer aos trabalhadores a oportunidade de acumular diferentes experiências, enriquecendo o seu currículo, incentivar o contato com mais profissionais e ainda a chance de efetivação na empresa. Os casos de trabalhadores que foram efetivados ao final do período contratado são frequentes. Se você optar por essa modalidade de prestação de serviço, lembre-se de que a qualidade de suas relações com os demais funcionários, o seu comprometimento com os objetivos da empresa e o cumprimento das condições estabelecidas pelo empregador, como os horários de atendimento, cuidado com o material e estrutura, são fundamentais para aumentar seu potencial de efetivação. 


Agora, é importante conhecer seus direitos e exigir que sejam cumpridos no seu contrato. O trabalho temporário também garante ao profissional décimo terceiro proporcional, serviços de previdência social, contribuição para o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), entre outros benefícios concedidos pela empresa. 


Fique atento às oportunidades. Elas podem fazer a diferença no seu currículo e ainda aproximar você de um espaço efetivo no mercado.

Foto do Autor

Sandra Nebelung

É jornalista especializada em comunicação corporativa, marketing e endomarketing. Conta com formação também na área de Gestão de Pessoas e participa de processos de comunicação interna nas empresas, com planejamento de ações motivacionais e educativas. Cursou Programa de Mestrado em Professional Writing da University of Southern California, nos Estados Unidos, que a qualificou para o desenvolvimento de conteúdo informativo para diferentes mídias.